O que se espera ao contratar um porteiro? Qual a sua importância?

O porteiro é um profissional extremamente importante na vida de um condomínio. É ele quem recepciona moradores, prestadores de serviços e visitantes. Ele é o cartão de visitas do local, o primeiro a sofrer com resultados de falhas de segurança e a lidar com situações diversas.

O porteiro é essencial para um bom funcionamento de um condomínio, porém, é necessário que ele e os condôminos conheçam os limites de cada um e que o trabalho possa ser pautado por normas e procedimentos sem exceção as regras.

É muito importante que o síndico tenha um diálogo aberto e frequente com o porteiro, pois assim estará acompanhando o desenrolar dos trabalhos e garantindo que toda a população condominial está sendo bem atendida.

Quais são as atribuições deste cargo? O que é permitido ao porteiro e o que é aconselhável não se fazer?

O serviço do porteiro envolve um conjunto de atribuições cuidadosas. É preciso que o porteiro seja bem orientado para que não cometa erros ou falhas que venham a colocar o sistema de segurança em riscos.

O lugar do porteiro deve ser somente na portaria. Ele nunca deverá sair da guarita para prestar auxílio a moradores ou outros serviços.

Algumas atitudes devem ser observadas como:

  • O recebimento de encomendas deve ser feitos através de um passa volume ou o entregador ficar restrito a clausura de pedestres.
  • O síndico deve sempre lembrar ao porteiro que ele não é corretor de imóveis. Na busca por ganhar uma gratificação o porteiro acaba agindo fora das normas e procedimentos e acaba colocando em risco o condomínio de forma geral.
  • O ideal é que o porteiro não tenha em seu poder na portaria chaves de automóveis, apartamentos, objetos pessoais de moradores e valores monetários.
  • Orientar e treinar continuamente os porteiros para que não forneçam dados sobre a rotina particular dos moradores. O profissional de portaria por estar todos os dias no condomínio sabe da rotina de todos, por isso, a descrição e a ética são fundamentais e fazem toda diferença.
  • Atualizar toda equipe de portaria sobre as formas de agir dos criminosos.

É muito importante que o porteiro seja um profissional exemplar. Esteja sempre no seu posto, uniformizado, atento a todas as situações do dia a dia, mantendo o essencial sem ultrapassar os limites das normas e procedimentos.

– Texto de Emerson Guerra
Consultor na Guerra Consultoria em Segurança
guerraconsultoriadeseguranca@gmail.com